Segunda mesa do 3º seminário Internacional de Reflexão e Análise

A segunda mesa do 3º seminário Internacional de Reflexão e Análise “…planeta terra: movimentos antissistêmicos…” foi uma mostra das constelações de resistências construídas em todo o sul do mundo por comunidades indígenas e camponesas; a oportunidade de ampliar a perspectiva dos conflitos e lutas pelo território a nível global. Companheiros argentinos da comunidade Qom e do Movimento Camponês de Santiago del Estero compartilharam suas histórias de luta e resistência. Sua palavra proveniente do sul de nossa América Latina, distante milhares de quilômetros, é dolorosamente conhecida pelos povoados e comunidades indígenas e camponeses do México. Seus processos de resistência aos despojos e violências do governo e de grandes proprietários; de organização, denúncia e exigência do reconhecimento e do exercício de seus direitos coletivos e ancestrais; de luta pela recuperação de seus territórios, de revitalização de sua cultura e a potencialização de seus processos de construção de autonomia são imagens que refletem as lutas dos povos ikoots e biniza’a no Istmo de Tehauntepec, wirárika de Jalisco e SLP, rarámuri da Serra de Tarahumara, de dezenas de povoados e comunidades em resistência no México.

 

Assim, a palavra dos companheiros da Argentina nos convida a globalizar nossas lutas, globalizar nossas esperanças.

 

Para mais informações:

- MOCASE VÍA CAMPESINA http://mocase-vc.blogspot.mx

- COMUNIDAD QOM LA PRIMAVERA http://comunidadlaprimavera.blogspot.mx